Pipplware 6.0

Muitos já duvidavam se iria sair uma nova versão, mas hoje, conforme tínhamos prometido, é com enorme prazer que apresentámos o tão aguardado PiPplware 6.0!

Para quem ainda não sabe, o PiPplware é um sistema operativo para o Raspberry Pi, que te permite transformar a tua TV num mini-PC, Media Center, Consola de Jogos, e muito mais!
Já à cerca de um ano que não havia uma nova versão, apenas pequenos updates, como ao Kodi por exemplo, e como entretanto saíram novas versões do Raspberry ( Compute Module 3 e o Zero W), existia uma necessidade de haver uma nova imagem do PiPplware com suporte a estes, com todo o software actualizado e claro, novas funcionalidades. 

Ficam então todos convidados a experimentar, e a darem as vossas opiniões e sugestões, assim como a reportar algum tipo de problema que tenham, tanto aqui como no nosso forum ou no nosso grupo do Facebook. Se ainda não tens um Raspberry Pi, ou estás a pensar adquirir mais um, podes encomendar já o nosso pack RPi 3 completo, pronto a usar.

Vamos então conhecer um pouco mais do novo PiPplware 6.0:

A principal novidade nesta nova versão, como já referimos é o suporte aos novos CM3 e Raspberry Pi Zero W. Para além disto houve especial atenção em melhorar a experiência de utilizador do PiPplware, com a actualização de todas as diferentes opções disponíveis e novas funcionalidades. As opções de arranque foram melhoradas, como por exemplo no arranque directo para o Kodi, ao sairem, o EmulationStation é carregado automaticamente e em algumas opções existe a possibilidade de activar ou desactivar o auto-login.

O “Backup/Restore” oferece agora um backup e restauro completo do sistema, que inclui aplicações instaladas posteriormente, assim como suas definições personalizadas, mesmo as de repositórios adicionados pelo utilizador. Nova opção “PiPplware Tools”, que contém, por exemplo, uma opção para actualizar o RetroPie com melhor integração no sistema, esconder menus no Emulation Station, etc. Foi também incluído um novo menu “RetroPie” tal como existe na versão original, com todas as suas opções e uma pequena reorganização das anteriormente incluídas.

Foram adicionados também novos programas que facilitam o uso do Pi como “ambiente de trabalho” e sua gestão, mais detalhes no final.O Pipplware 6.0 é baseado na ultima versão do Raspbian (2017-03-02) e como tal, todo o software incluído foi actualizado, assim como o software disponível para instalação nos repositórios.

O Kodi foi actualizado para a ultima versão estável 17.0 “Krypton” assim como todos os addons binários. As novidades no Krypton são muitas, em especial destaque para a nova skin/interface, Estuary, ficando agora com um aspecto mais moderno em relação à já “velhinha” Confluence. Outra das novidades é o suporte oficial a joysticks no Raspberry, agora com uma opção para configurar todos os botões e alguns parâmetros adicionais. Aqui ficam outras das principais novidades:

  • Menus de configuração melhorados
  • Varias melhorias na gestão de addons
  • Melhorias na gestão de bibliotecas de Musica
  • Novo leitor de media, chamado VideoPlayer que substitui o antigo DVDPlayer
  • Melhor performance e facilidade de configuração de addons PVR (Personal Video Recorder)
  • Uma nova interface Web baptizada de Chorus2

Podem encontrar as restantes novidades e mais informação sobre o Kodi 17 aqui.

O RetroPie foi também actualizado para a versão 4.1.19. A melhor e mais completa suite de retro-gaming para o RPi contém muitas novidades em relação à anterior versão presente no PiPplware. O RetroPie está agora mais simples de configurar, independentemente dos controlos/gamepads que usem, tudo é mais fácil e com suporte a uma ainda maior diversidade de controlos como o Steam Controller e “home made joysticks” via GPIO. Novas opções de configuração gerais foram adicionadas, como por exemplo um editor de configurações RetroPie/RetroArch, uma interface web para gestão do RetroPie, possibilidade de consultar o wiki directamente no RetroPie Configuration, novos temas para o Emulation Station, etc. Todos os emuladores foram actualizados para a ultima versão disponível, o que significa melhor compatibilidade com jogos/roms e melhor performance.

Os seguintes novos emuladores/consolas foram incluídos: lr-glupen64 (Nintendo 64 alternative), lr-hatari (Atari alternative), lr-mame2014 (MAME alternative, 0.159 romset), PCFX emulator lr-beetle-pcfx, TRS-80 emulator sdltrs, TI-99/4A emulator ti99sim, Oric 1/Atmos emulator Oricutron.

E os seguintes novos ports foram adicionados: The Ur Quan Masters (Port of DOS game Star Control 2), Xrick (Port of Rick Dangerous), Solarus Engine (Homebrew Zelda Clone), SDLPoP (Prince of Persia Port), Cannonball (Outrun Engine), Stratagus (Warcraft and Starcraft Engine), OpenBOR (Beats of Rage 2d Sidescrolling Game Engine), Commander Genius (Port of Commander Keen), Micropolis (Open source version of Sim City Classic), Aleph One (Open Source port of Marathon Series), Giana’s Return (Fan-Made sequel to the Giana Sisters), Lincity (Sim City Clone), Simcoupe (SAM Coupé Emulator), Dinothawr (lr-dinothawr – standalone libretro puzzle game), Tyrquake (Standalone, not libretro) e darkplaces-quake.

De notar que agora o RetroPie/PiPplware traz menos emuladores instalados de origem, no entanto tudo é facilmente instalável através do RetroPie Configuration. Desta forma o utilizador instala apenas o que quer, o sistema fica mais limpo e não demasiado grande. No total são agora mais de 70 emuladores distribuídos por mais de 55 sistemas/consolas e cerca de 30 Ports. Podem consultar todos as novidades do RetroPie 4.1.19 aqui.

O Chromium foi também actualizado para a versão 56, e tal como no PiPplware anterior tem suporte a Flash (sem aceleração por hardware). Mas a principal novidade aqui, para além da redução no consumo de RAM, é a nova optimização do mesmo para o Raspberry, passando agora a ser possível visualizar videos com aceleração por hardware, de forma estável. Por exemplo o Pi 2 será capaz de reproduzir vídeos do Youtube a 720p, tanto em modo janela como fullscreen de forma fluída, e o Pi 3 a 1080p nos mesmos modos. De notar que apenas vídeos codificados nos formatos suportados no hardware do Pi, beneficiarão desta melhoria. O Chromium 56 é agora suportado em todas as versões do Raspberry.

O Pipplware 6.0 traz agora também  instalado o seguinte software adicional:

  • omxplayerGUI, um leitor de videos/musica, com uma interface gráfica mínima, mas com suporte a aceleração por hardware e funciona tanto em modo janela com fullscreen. Baseado no omxplayer.
  • KWeb, um navegador web “lightweight” em alternativa ao Chromium, que utiliza o leitor omxplayerGUI para reprodução de videos web. Substitui os browsers Epiphany e Netsurf, anteriormente incluídos.
  • RealVNC (servidor e cliente), um servidor de VNC, que permite aceder e controlar remotamente, a partir de qualquer dispositivo, qualquer software presente no Raspberry, em tempo real. Possibilidade de configurar o cloud VNC que permite controlar o Raspberry, de qualquer local, via internet, sem necessidade de configurar routeamentos. Tem a possibilidade de activar o “modo experimental de captura directa”, que permite visualizar aplicações que usam a camada de renderização directa, como os terminais virtuais, o Kodi, o módulo da camara, etc, de modo semelhante ao dispmanx_vnc. Substitui o vncserver anteriormente incluído e está também desactivado por omissão, para o activarem devem ir Raspberry Pi Configuration -> Interfaces -> VNC
  • PiClone, ferramenta para clonar cartões, caso possuam um leitor de cartões USB ligado ao Raspberrry.

NOTA: O software de programação presente no Raspbian, não está mais incluído, mas existe uma opção para o instalar em PiPplware Tools ->  Install/remove Raspbian bundled programming software.

Actualização:

O processo de actualização é o mesmo do costume, basta executar o Update System no menu Settings ou Pipplware, no Emulation Station ou no XFCE respectivamente.

Podem também alternativamente actualizar via terminal executando:

sudo update-system

Como é lógico, não perdem as vossas definições, mas um backup é sempre aconselhado.

Notas:

  • A actualização só está disponível para utilizadores do PiPplware 5.0 ou superiores.

Download:

PiPplware 6.0

Changelog

 

46 thoughts on “Pipplware 6.0

  • felicidades por este proyecto tan completo. quede facinado con el primer contacto con los sistemas operativos que los componen, encontre algunos fallos menores y me gustaria contribuir haciendo reportes de ellos, como seria el mecanismo para hacerlo

  • Boas, após a atualização para a v6.0 não consigo fazer login atraves do software vnc ou até mesmo do remote desktop connection da microsoft. Qual é a solução para este problema?

    • O servidor de VNC foi substituido pelo RealVNC, tem de o activar como está explicado em cima. Quanto ao RDP, confirme que o serviço está activo em Enable / Disable services.

    • Já temos uma nova versão do XRDP corrigida no repositório compatível com o RealVNC, portanto basta actualizar o sistema e reiniciar que já vai funcionar.

  • Estava baixando ontem a noite e quando chegou a 1,5GB, simplesmente travou e não finalizou, estou tentando novamente agora, espero que consiga baixar.

  • Boas, actualizei o pplware 5.1.1 para o 6.0 e agora quando entra no ambiente de trabalho, depois de 1 minuto sai da gui e fica no terminal. Se fizer startx começo uma nova gui com a outra por baixo. Sei que isto aconteçe porque tenho o vnc no arranque e ele fica sempre a dar musica mesmo que vá ao Kodi ou emulation station. Antes já tinhao kweb instalado na versão 5.1.1. Obrigado pela atenção.

    • Executando o Change Boot, e selecionando a pção de arranque que tinha (ou pretender) deve resolver. Via terminal é:
      sudo bootmenu

      • Obrigado pela rápida resposta, mas o problema continua. O primeiro fica lá sempre independentemente do sistema que estou a utilizar e até torna o EM impossível de jogar. Mas obrigado na, mesma.

        • Experimente então selecionar no Boot Menu a opção Terminal -> Auto-login e esperar que reinicie. Depois voltar a executar o Boot Menu e selecionar a opção que tinha.
          Caso não fique resolvido, coloque a questão forum, com os logs do sistema.

    • O servidor é razoável para Portugal e Europa, eu por exemplo faço o download a velocidades sempre superiores a 2MB/s, mas sei que infelizmente para o Brasil, China e outros países mais afastados o download vai ser lento.

    • Boas, isso parece ser corrupção de dados. Faça download da imagem novamente, formate o cartão e grave novamente de acordo com as instruções.

      • Baixei o arquivo novamente mas o problema persiste, tentei até em outro cartão SD. Depois vou baixar a versão anterior e tentar atualizar por ela.

  • Boa noite! meu amigo Diogo Santo, me tira uma duvida.. como faço para adicionar outros jogos na area de Ports? tipo queria adicionar Duke Nukem, Shadow Warrior Etc, e aonde posso adicionar jogos da lucas artes, tipo Grin Fandango, Full Throttle etc Obrigado

  • Boa tarde Diogo Santos,desde já parabéns pelo projecto piplware, uma questão nesta nova versão 6.0 como mudar a pass Transmission,fiz como manda o tutorial e não muda a pass, com este comando nano ~/.config/transmission-daemon/settings.json não aprece nada tentei o outro ,aparece informação mudei a pass e nada,agradecia como resolver.

    Cumprimentos

    • Está a funcionar correctamente aqui, numa instalação limpa do PiPplware 6.0, seguindo as instruções aqui (PiPplware 5.0 e superiores):
      http://pipplware.pplware.pt/wiki/security/#passwords

      Isto altera a password da interface web do transmission.
      Se não encontra o ficheiro, experimente remover/instalar o trasmission-daemon:
      sudo apt-get purge transmission-daemon
      sudo apt-get install transmission-daemon

    • Estou com o mesmo problema fez a atualização, quando chega a parte de entrar automaticamente no kodi dá uma mensagem de erro, entrar pelo settings também não funciona.

  • Boas,

    Estava a fazer o update e chegou a um passo da instalação, em que pede uma ação nossa para instalar o “maintainer’s version” seguido de umas opções. Não sei como é que hei de introduzir a opção, não me aparece nada, e já estou farto de carregar e também não acontece nada.

    Uma ajuda seria bem vinda!

    Obrigado

    Cumprimentos

      • Boas Diogo, obrigado pela resposta. Como fiquei encravado tive que fazer o dpkg –configure

        Correu tudo bem mas agora quando reinicio o pi entra me no xfce, mas depois muda me logo para um terminal

        Cumprimentos

      • Boas outra vez, como bom tugão perguntei porque era mais fácil, mas já consegui. Fiz sudo boot menu e pus o xfce outra vez! :)

        Cumprimentos e keep up com o bom trabalho!!

  • Boas, alguem com raspberry pi 2 b+ em que o pipplware detete o raspberry como raspberry pi zero??
    Como posso resolver o problema?

  • Ontem, precisei de trocar de router e vi-me grego e não encontrei, o Menu de configuração do WIFI, que estava presente bem acessível na versões anteriores.

    Andei lá pelos menus que tinham alguma lógica, Pipplware Tools e afins e nada…

    Só hoje é que vi aqui no site que afinal está enfiado num submenu RetroPie Configuration -> Configuration / Tools -> Wifi …que nunca na vida iria ver e não encontrei por isso mesmo, pois não ligo patavina para o Retropie, logo o que iria lá fazer?

    Sinceramente, acho que não tem lógica nenhuma enfiá-lo lá. Fica só o reparo. Pode haver condições técnicas que assim o obriguem , mas na óptica do utilizador comum, ficou tudo mais complicado.

    Mas obrigado na mesma pelo trabalho, pois utilizo o Pipplware desde a 1ª hora.

    • Obrigado pela sua critica, agradecemos sempre que os utilizadores exponham o seu ponto de vista e há sempre espaço para melhorar.
      Nós removemos a ferramenta do Wifi do menu “Settings” no Emulation Station, porque agora o mesmo está disponível no menu “RetroPie” também no Emulation Station, então achamos melhor removê-lo do menu “Settings” porque é mais complicado removê-lo do menu “RetroPie” e não voltar a aparecer apôs um update. Não faz muito sentido ter a mesma coisa em dois menus diferentes, certo ?
      No Wiki isto também não estava ainda bem explicito após o PiPplware 6.0, pelo que já actualizamos e esperamos que seja agora mais perceptível.

  • Olá, quando tento fazer algum donwload no transmission, fica Download from 0 of 0 peers e o download não inicia. Não é falta de peers pq faço o mesmo Torrent no meu Mac e o download inicia normalmente. Apenas no xfce que não consigo. Alguém sabe como consigo resolver isso? Preciso muito de ajuda. Obrigado a todos!

  • Boas,
    Quando instalei a versão 6.0, o plexus deixou de funcionar. Repeti os procedimentos de activação dos plexus via SSH, mas dá logo erro, porque não reconhece a directoria acestream. Já tinha previamente instalado o plexus, através do repositório UK Turks.
    Alguém já teve o mesmo problema e conseguiu resolver?de que maneira?
    Cumprimentos

    • Por aqui o Plexus e acestreams continuam a funcionar no PiPplware. Provavelmente a versão do Plexus/acestream que tens deixou de funcionar.

  • Bom dia.

    tenho uma duvida, e se possível gostaria de ter um respaldo, eu instalei o PIPlware 6.0 em minha placa Raspberry PI3, e ele esta funcionando muito bem, o que eu gostaria de estar fazendo é trocar o retropie que vem nativo na imagem, por uma imagem de retropie que já tenho configurada com o atract mode, isso é possivel? eu consigo realizar esta troca de retropie? eu como sou muito leigo não achei nada na internet para responder essa minha duvida.
    Obrigado.

    • O RetroPie que vem no PiPplware é igual ao original, tirando uma ou outra optimização que incluímos. Portanto será apenas uma questão de instalar o atract mode e copiar as configurações que tinha no RetroPie antigo para o PiPplware.

Responder a miguel Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *