Sobre

 

O PiPplware é uma distribuição Linux portuguesa para o Raspberry PI baseada e 100% compatível com o Raspbian, a distribuição oficial da Fundação Raspberry Pi. É gratuito e de código aberto.

Um dos principais objectivos do PiPplware é permitir ao utilizador tirar o máximo do seu Raspberry Pi. Com o PiPplware é possível realizar quase todas as tarefas possíveis com o RPi num único sistema operativo e assim tirar todo o potencial desta pequena máquina. Além disso é facilmente escalável e optimizável para diversos tipos de uso.

Temos também como objectivo a simplicidade de uso, não sendo necessário grandes conhecimentos técnicos para se poder usufruir das suas capacidades.

Com o PiPplware podes facilmente transformar a tua TV num PC, Media Center, Consola de Jogos, e muito mais!

 

screen17

 

Funcionalidades:

Aqui ficam algumas das funcionalidades do PiPplware:

  • KODI Media Center, o media center mais completo e com mais funcionalidades actualmente, com a possibilidade de instalação de skins e addons para acesso a vários serviços adicionais, inclusive vários portugueses.

 

screen16

 

  • RetroPie/Emulation Station 2 com mais de 20 emuladores incluídos, para jogar jogos de consolas antigas (ROMs não incluídas por questões legais)

 

screen3

 

  • Ambientes gráficos de trabalho Openbox e XFCE, semelhante ao do Xubuntu.

 

screen10

 

  • Servidor e cliente de SSH, SFTP, Samba, RDP, VNC, Netatalk (AFP), Transmission e mais, com a possibilidade de instalar muitos mais como servidores WEB, MAIL, CLOUD e VPNs.

 

screen13

 

  • Possibilidade de usar o RPi como Thin Client (Openbox + Remmina)

 

screen15

 

  • LXMusic para reproduzir música, OMXplayer para reproduzir vídeos directamente do ambiente de trabalho.

 

harakiri

 

  • Browsers Chromium (usado no Google Chrome), Netsurf e Epiphany, este com suporte a HTML5 e sites como Youtube, Vimeo, etc.

 

screen12

 

  • Todo o software do Raspbian incluído excepto o Mathematica, com a possibilidade de instalar muito mais. Fácil acesso a todo o software Debian ARM através do gestor de pacotes Synaptic.

 

screen18

 

  • Possibilidade de ajuste do Boot, automaticamente através do “Change Boot”, de acordo com a utilização desejada.

 

screen6

 

 

  • E muito mais…

 

42 thoughts on “Sobre

  • Boa noite, poderá ser possível na próxima versão do pipplware vir com o adobe flash player pré-instalado? Pois ajudaria muito.
    Obrigado, Luís Silva

  • Bom dia,

    Não creio que seja uma possibilidade, atendendo ao facto do flash estar a ser abandonado na generalidade devido aos seus problemas de segurança.

    Cumprimentos,
    Filipe Lopes

    • Boa noite
      Julgo que ainda não existe programa do strem.io para dispositivos ARM como o Raspberry Pi, portanto a resposta é não.

      Quanto aos acestreams, é possível visualizar acestreams no Kodi, através do addon Plexus.
      Se tiver duvidas sobre isso, o melhor é usar o forum.

  • Boa noite
    Instalei o pipplware 5.0 no meu raspberry pi e gostaria de saber como controlar remotamente ( rato + teclado ) a partir de um tablet Android.
    Com os melhores cumprimentos, Carlos Paredes.

    • Depende do que queiras controlar.
      Se quiseres ter acesso ao ambiente de trabalho do Pipplware num dispositivo Android podes usar aplicações disponíveis na Play Store como o “Microsoft Remote Desktop”.
      Se quiseres controlar o Kodi remotamente vê aplicações como o Yatse e o Kore.
      Mais informação sobre como controlar o Pipplware remotamente disponível aqui:
      http://pipplware.pplware.pt/wiki/remote-access/

  • Boas.
    Fiz duas actualizações. o Pi para a distro 5.0 e o PC para o win 10.

    O problema é que agora através do pc não consigo entrar no Pi. dantes aparecia na Rede agora não aparece.
    queria colocar uns jogos no retropie mas não o consigo fazer pois não tenho acesso a ele.

    Podem ajudar-me?
    Instalei tudo certinho tanto no pi como no pc.
    Cumps
    Euclides.

    • O que eu fiz.

      1 – reservar ip interno só para a PI (consultar manual do router). Exemplo 192.168.1.75
      2 – Ir a PI via XFCE, abrir o terminal e mudar password (retirar do default). User default é “PI”.
      3 – aceder com as credenciais definidas (remote desktop connection no windows) e o IP que há de ser sempre o mesmo no router (ponto 1).

  • Olá boa noite, gostaria de saber se é possível a utilização do PiPplware numa máquina que não seja o RPi, ou seja, um desktop ou um laptop, obrigada desde já.

    Continuem o bom trabalho !

  • Muito boa tarde.
    Cheguei agora a este mundo da PI comprei uma PI 3 e instalei o vosso programa. pipplware 5.1. Já andei a navegar por alguns itens do mesmo e estou a dar os primeiros passos. Não percebo nada de linux nem programação sou apenas um mero curioso habituado ao mundo do Windows. A minha duvida surgiu agora que tenho necessidade de comandar o Pi num outro local distanciado de 100 km da minha habitação para observar um programa de leitura de um inverter de rede eléctrica para ver a quantidade de energia foto-voltaica produzida.
    1ª questão como devo instalar o programa na PI ?
    2ª questão posso aceder ao PI por via remota sem estar na mesma rede através do “Dataplicity” ?

    Não sei que passos dar para fazer a instalação do programa em linux WatchPower 1.08 Software (Linux 64bit) ZIP retirado do site do inverter em http://www.giantpower.com.au/downloads

    Já tentei ligar remotamente com o Pi via “Dataplicity” instalei os comandos no PI e dá erro.
    Poderia ter alguma ajuda da vossa parte?
    Muito obrigado, boas investigações.
    Cumprimentos
    Paulo

  • Gostaria de saber se o tutorial que vemos na net a respeito da criação do xml file , através do addon easy advanced settings, para resolver problemas de buffering no kodi poderá ser aplicado estando o kodi a correr na rpi3. No pc funcionou mas não queria testar na RPi3 sem certeza

    • Sim podes alterar o advancedsettings.xml mas tens de reiniciar o Kodi para as definições fazerem efeito, é igual para todas as plataformas. Se vai melhorar ou piorar é que depende do que lá vais meter, o Kodi do PiPplware já vem com definições globais optimizadas para isso.

  • Acabei de comprar um Raspberry Pi 3 e estou muito entusiasmado. Ele ainda não chegou mas já estou vendo vários vídeos de como instalar e configurar sistemas. Gostei bastante do pplware pois ele tem quase tudo que eu preciso. A unicas coisas que faltam são:

    1) Plex Media Server para montar um servidor de media para meu home teather.
    2) Utorrent. Para baixar e controlar os downloads de filmes e séries.

    É possivel instala-los no pplware?

  • Boa noite. Gostaria de saber como acedo a um hotspot MEO-WIFI. Quando, das redes disponíveis, escolho a rede MEO-WIFI, tenho de inserir a pre-shered key, nao sendo possivel fazer a autenticacao polo browser! Ja aconteceu a alguem?

    • Inglês + Kodi em Português.

      Podes por tudo em Espanhol excepto o Emulation Station, que actualmente só suporta Inglês. No wiki tens como alterar os idiomas.

  • Boa noite.
    Na nova versão 5.1.1 é possível abrir o Meo Go num dos browsers (mozilla), dado que necessita o plugin Silverlight?
    Não será possível uma app com base na que corre no Windows 10?
    Obrigado

    • Sim é possivel, procure no gestor de pacotes Synaptic e instale. Aviso só que o VLC não tem aceleração por hardware no Pi, portanto só vídeos de baixa resolução é que vão funcionar em condições.

  • Boa noite.

    Achei o piplware bastante interessante e já tinha experimentado uma vez, mas não continuei a usar devido a erros de cartão SD… como toda a gente sabe cartões de memória duram pouco tempo.
    Vinha aqui propor uma alteração no sistema de arranque do raspberry pi 3 para permita o arranque do mesmo pela porta usb (só mesmo por porta usb)… já tenho experimentado outros sistemas operativos (raspbian e libreelec) e funcionam perfeitamente e até mais rapidamente sobretudo se usar um disco SSD.
    Mais informações no site da raspberrypi –> https://www.raspberrypi.org/documentation/hardware/raspberrypi/bootmodes/msd.md

    Cumprimentos.

    • Boa noite

      Erros em cartões de memória podem acontecer em qualquer sistema operativo para o Raspberry, depende principalmente do cartão usado. O PiPplware é baseado no Raspbian, a probabilidade de erros é praticamente a mesma.
      Quanto ao arranque por USB, julgo que não é possível numa instalação fresca do PiPpwlare 6.0 (ultima imagem disponível até ao momento) porque na altura do lançamento isso ainda não tinha sido implementado no firmware. No entanto se instalar o 6.0 e actualizar o sistema, já pode fazer isso do mesmo modo que o Raspbian.

  • esto entrando neste mundo agora, totalmente novato, mas é um mundo em expansão, tenho uma duvida.
    tenho um Raspberry Pi 3, e gostaria de instalar o netflix nele, tem como?

  • Bom dia,

    Instalei tudo direitinho como esta no wiki, no meu cartão de memoria de 32GB. Quando acaba de escrever a imagem fico com 40 Mb ocupados e depois ele cria uma drive G: (o meu cartao é o F:) sem nada e a dizer que precisa ser formatado… o cartao é novo. é normal só ocupar 40Mb ? e cria outra drive pk? alguem me pode ajudar?

    • É normal ficar com uma partição de 40 ou 50 megas, é a partição em FAT32 com os ficheiros de arranque. É criada mais uma partição com o restante espaço, mas com um sistema de ficheiros Linux, que não é suportado no Windows. Ignore o que diz o Windows após a gravação, apenas retire o cartão, insira-o no Pi e ligue-o que irá funcionar se fez como está nas instruções.

Responder a Ricardo Escobar Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *